sábado, 2 de maio de 2009

SIRROSE VII - O Retorno!























Prometida desde 2007, a sétima edição da Sirrose finalmente está nas ruas! Homenageando Aleister Crowley (homenagem sugerida e realizada por Edilson Seta, também autor da belíssima capa), os sirróticos realmente tiveram de vencer uma "urucubaca" para que esta edição saísse. Atrasos, mudanças de planos, brigas internas, traições, e até ossos quebrados fizeram parte do processo desta edição que, felizmente, está pronta e à disposição dos leitores amantes da literatura. Além da bela e merecida homenagem ao amigo compositor Elon Veleiro, a Sirrose VII traz como novidade textos de jovens escritores de São Paulo (Bárbara Leite e Flávio Mello) e tem como projeto estender sua publicação para além da região norte. Os leitores de Belém e São Paulo apreciaram muito a revista, como já aconteceu em outras ocasiões, em que a Sirrose chegou até o nordeste. Novos contatos também foram feitos em Manaus, o que significa que novos talentos surgirão nas páginas da revista, em breve. E para você que quer uma pequena amostra do que vem nesta edição (e também para exorcizar todos os obstáculos que surgiram ao longo de seu trabalho de publicação) aprecie um pouco da poesia de Bárbara Leite:


COM FIANÇA DE FÉ

É preciso acreditar nas ciganas,
no jogo dos búzios,
na borra do café,
no pai de santo,
nos rituais do candomblé.

Contenta também umbanda,
ou se preferir, no padre,
no bispo, no pastor,
nas imagens,
na puta que pariu!
um menino desnutrido...

É extremamente necessário acreditar
no desconhecido sorriso
que deseja bom dia,
na esmola que veio demais
e também na desconfiança
que a caridade nos traz.

Acredite nos brancos
e nos pretos,
amarelos e vermelhos
e nos seus corações
que podem ser bons
e também o contrário.

Acredite na intuição,
no poder da oração
e da palavra.

Acredite no tudo,
na dor do luto!
Assim evita-se
a crença no nada.

Seja o seu maior entusiasta
e creia no que achar que deve
exceto na descrença.

Não devemos esquecer,
pois seria desavença:
a puta pariu um menino desnutrido
que também precisar crer.

Obs: Para os interessados, de Manaus e de fora, a revista está sendo vendida a 10 reais. Abraços sirróticos!

2 comentários:

  1. essa capa é a minha favorita.

    ResponderExcluir
  2. conheci o Elon nos tempos do IEA, quando ele queria ser professor. fiquei emocionado ao ver na internet que o meu amigo ainda é lembrado.

    ResponderExcluir